IX MEMORIAL ENG. LIMA TORRES

Pelo nono ano consecutivo o Clube de Campismo e Caravanismo de Barcelos está a organizar o Memorial Lima Torres, que terá lugar no dia 4 de Junho, no salão de festas dos Bombeiros Voluntários de Barcelos.

Barcelos, 4 de Junho de 2011

Pelo nono ano consecutivo o Clube de Campismo e Caravanismo de Barcelos está a organizar o Memorial Lima Torres, que terá lugar no dia 4 de Junho, no salão de festas dos Bombeiros Voluntários de Barcelos.

Este emblemático torneio é uma homenagem do CCCB ao Eng.º Lima Torres, ilustre cidadão barcelense, que, com o seu entusiasmo contagiante pelo Xadrez, muito contribuiu para o desenvolvimento da modalidade no distrito de Braga.

O torneio disputa-se em sistema suíço com 8 sessões a um ritmo de 20 minutos por jogador para terminar a partida e tem início marcado para as 10h15. No final terá lugar o tradicional jantar volante, uma oferta da Junta de Freguesia de Barcelos.


Regulamento

O regulamento completo do torneio pode ser obtido aqui.


Ligações

Chess-Results

Facebook


Torneios anteriores

VIII (2010), VII (2009), VI (2008), V (2007)


Breve biografia sobre o Eng.º Lima Torres


Manuel Júlio de Sousa Lima Torres nasceu em Barcelos, em 25 de Março de 1916 e onde veio a falecer com 86 anos a 14 de Setembro de 2002.

Exerceu a actividade docente no ensino secundário, particular e oficial. Dois hobbies se lhe conheceram ao longo da vida e merecem especial referência - a Fotografia e o Xadrez.

Num primeiro tempo, a Fotografia: sócio fundador da Associação Fotográfica do Porto, dedicou-se com entusiasmo e viveu com paixão a arte de fotografar e de fazer fotografia e onde, pela qualidade técnica e valia artística dos seus trabalhos, rapidamente atingiu notoriedade nacional e até internacional. Para além de premiado em muitas exposições, foi membro do júri de diversos concursos nacionais e internacionais de fotografia. De referir, pela sua participação no 18º Salão Internacional de Arte Fotográfica (Lisboa, 1955) a elogiosa crítica do Prof. Armando de Lucena - “Lima Torres mostrou-se mestre na distribuição de valores que caracteriza a sua Manhã, paisagem diáfana e impressionante”. Nos anos 60 e por iniciativa da Junta da Província do Minho, procedeu ao levantamento fotográfico do património arquitectónico e artístico do concelho de Barcelos

Num segundo tempo, surge o Xadrez. Estudioso e praticante entusiasta, rapidamente se inseriu no associativismo desta modalidade, dividido entre o Clube de Campismo e Caravanismo de Barcelos e o Grupo de Xadrez do Porto onde, semanalmente, se deslocava. A sua dedicação e paixão ao Xadrez levou-o por diversas vezes a ocupar cargos de Direcção onde deu um importantíssimo contributo para o desenvolvimento da modalidade no Distrito de Braga.

Com a passagem à reforma, ainda mais o Xadrez se tornou a grande ocupação dos seus tempos livres - Em casa, estudando e simulando jogadas ou desafiando amigos para uma “partidita”, participando em torneios ou disputando campeonatos, viveu esta modalidade com profundo entusiasmo e afeição e nela cultivou amizades e conquistou Amigos que ainda hoje o recordam com tanta simpatia...

Autor: CCCBarcelos AZ
Fonte: interna
Terça-feira, 20 de Dezembro de 2011 - 17:39:14

Notícias relacionadas
Comentar Imprimir  |   Voltar...